Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mourinho invicto

por contrário, em 25.05.17

Mais uma final europeia, mais uma vitória. José Mourinho continua a ser um treinador invicto, no que a finais europeias diz respeito. Venceu a Taça UEFA em 2003 e a Liga dos Campeões em 2004, ambas ao serviço do FC Porto. Em 2010 voltou a vencer a Liga dos Campeões ao serviço do Inter de Milão. E ontem conquistou a Liga Europa para os 'red devils' de Manchester. 

 

As finais nunca são fáceis e, tal como diz Mourinho, são para ganhar independentemente das circunstâncias. Em relação à final de ontem pode-se dizer que não foi muito bem jogada, mas também se pode concluir que Mourinho voltou a vencer e, desta vez, com uma equipa de mancos, literalmente.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Resposta a Bento Rodrigues

por contrário, em 07.03.17

A propósito da cirurgia cardiotorácica que levou ao implante de um coração artificial numa pessoa, Bento Rodrigues perguntou a José Fragata (responsável pela cirurgia), no Primeiro Jornal da SIC, se um coração artificial é capaz de amar.

 

A pergunta de Bento é tão inquietante que eu fui investigar e soube em primeira mão, por meio de fontes fidedignas que não posso revelar por razões não deontológicas, que a pessoa com coração artificial se encontra de boa saúde e foi vista, durante a tarde de hoje, em ambiente de escaldante romance com um electrocardiógrafo de meia-idade, dentro de uma cabine de Raio-X.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Prenúncio sobre anúncio de Núncio

por contrário, em 02.03.17

Desde o anúncio de que Paulo Núncio seria chamado a explicar-se na Comissão de Orçamento e Finanças (sobre os offshores), que eu tive o prenúncio de que Núncio faria papel de fiel pronúncio de sua ministra fedúncia, Maria Luís Albuquerque. Mas que furdúncio!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Joana coração de Viana

por contrário, em 03.05.16

Realmente, só faltava esta. Segundo alguns apedeutas da nossa comunicação social, o “Coração de Viana” (também chamado de “Coração do Minho”) é uma obra da artista Joana Vasconcelos. Se fossem dotados de um pequeno grão de cultura portuguesa saberiam que, ainda Joana Vasconcelos não havia nascido e já o famigerado coração era um singular símbolo de Viana, de toda a região minhota e até mesmo do norte de Portugal.

 

Joana Vasconcelos fez uma reestilização do “Coração de Viana”. Qualquer pessoa medianamente informada sabe isso, mas daí atribuir-lhe a autoria deste magnífico símbolo da cultura portuguesa é o mesmo que dizer que as canções do Tony Carreira são dele.

 

É caso para dizer: “Santa Luzia Bendita!”.

Autoria e outros dados (tags, etc)

O ministro do Trabalho e da Segurança Social, Vieira da Silva, disse estar relativamente tranquilo em relação à situação do Montepio e que julga não haver nenhum risco de ruptura da instituição. Entretanto, já se sabe que o Montepio integrará, a partir de segunda-feira, o principal índice da bolsa portuguesa - o PSI20. Se bem que isso não vale assim tanto como aparenta, veja-se o que aconteceu com o BES e o Banif.

 

Reconhecendo credibilidade e sobriedade à pessoa de Vieira da Silva, não posso deixar de reagir com algum cepticismo em relação às suas afirmações. É que sempre que se ouve um político falar bem de um banco, normalmente dá barraca.

 

Mas esse vício costuma ter outros donos…

Autoria e outros dados (tags, etc)

A propósito do Dia da Mulher

por contrário, em 08.03.16

Hoje celebra-se o Dia Internacional da Mulher. Nunca percebi a razão pela qual é necessário atribuir uma data para se celebrar o papel da mulher na sociedade. Os homens também fizeram revoluções, também entraram em lutas políticas e sociais, e ninguém se lembrou de criar o Dia do homem. Nem fazia sentido, tal como não faz sentido nenhum assinalar no calendário o Dia da Mulher.

 

Esta é mais uma estupidez feminista que, ao invés de dignificar as mulheres, rebaixa o seu papel na sociedade. Se eu fosse mulher sentir-me-ia humilhada.

 

Instituir esta data é uma boçalidade feminista e, ao mesmo tempo, não podia ser mais machista. Ele há coisas…

Autoria e outros dados (tags, etc)

Quem tem Cristas canta de galo

por contrário, em 27.02.16

Assunção Cristas apresentou ontem a sua moção de candidatura à presidência do CDS-PP. Não sei porquê mas cheira-me que ela vai ser eleita...

 

Entretanto, parece que uma das propostas da "candidata-única" é deixar cair as letras "PP" da sigla do partido, que toda a gente sabe que significam "Paulo Portas", para dar um arzinho de renovação.

 

A verdade é que a candidata Cristas é a única a concorrer à liderança do seu partido, porque Paulo Portas assim determinou e ai de quem lhe ousasse fazer frente. Pois é... Quem tem Cristas canta de galo. É ou não é Paulinho?

Autoria e outros dados (tags, etc)

A "cunha" já não é o que era

por contrário, em 26.02.16

Em Portugal, a "cunha" (o chamado "factor c") já não é o que era. Antigamente, quem tinha uma boa cunha estava garantido. Então no sector da banca é que a coisa funcionava mesmo bem.

 

Hoje, nem o facto do presidente-executivo do Novo Banco deter o "Stock da Cunha" impede que vão para o desemprego mais mil funcionários.

 

Ó Eduardo, para quê tanta cunha?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sobre o cartaz do Bloco

por contrário, em 26.02.16

Este é mais um curto comentário sobre um tema que está a gerar alguma incompreensível algazarra. O Bloco de Esquerda lançou um cartaz que diz que "Jesus também tinha dois pais". Primeiro, importa salientar dois factos: o cartaz não é ofensivo e está desprovido de qualquer laivo de jocosidade.

 

O mais surpreendente foi a justificação dada pelo próprio Bloco de Esquerda sobre a publicação do tal cartaz. Fonte oficial do BE refere que "o Bloco respeita todas as convicções religiosas", no entanto, o cartaz não inclui todos os credos. Diz também que "Com esta iniciativa, pretendeu contribuir, como sempre fez, para, sem tabus, provocar o debate e, neste contexto, assinalar mais um avanço no respeito pela dignidade das pessoas e por todas as famílias.". Provocar o debate? Mas qual debate? Com que utilidade? A lei já se encontra promulgada.

 

Trata-se apenas de foguetório político, nada mais, coisa que não aprecio em política. 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Já estamos habituados a ver a Ordem dos Médicos esquivar-se das suas responsabilidades e a acobertar as muitas más práticas médicas que se praticam neste país. A última tem a ver com as declarações do bastonário sobre a eutanásia, afirmando que a execução por "morte assistida" não tem que ser praticada por um médico, pode sê-lo feito por um outro clínico. Ou seja, quis dizer que pode ser feito por um enfermeiro, suponho.

 

Duas coisas: Primeiro, já são os enfermeiros e não os médicos que realizam todo o tipo de actos clínicos, tais como recolher sangue, aplicar injectáveis, administrar medicação, avaliar a tensão, medição de diabetes, etc. Os médicos apenas coordenam (vulgo "mandam"). Se a morte assistida tiver que ser executada por um enfermeiro, quem vai dar a ordem de execução? Segundo, e se os enfermeiros sacudirem a água do capote, tal como estão a fazer os médicos, na pessoa do seu bastonário?

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor



Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D