Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

No futebol não há resultados injustos. Só quando o Benfica perde…

O Benfica empatou 1-1 em casa, no jogo da primeira mão do play-off de acesso à fase de grupos da Liga dos Campeões. Recorde-se que estão em causa 43 milhões de euros, que o Benfica não receberá caso não vença o jogo da segunda mão em Salónica, ou empate por mais de 1 golo.

 

Eu não estou nada surpreendido com o resultado de ontem, aliás, o que me surpreendeu foi o Benfica ter conseguido ultrapassar o Fenerbahçe na anterior eliminatória. Mas o que realmente me surpreende é a postura da comunicação social, veiculada pela sua enorme legião de comentadores especializados no métier. Todos diziam, mesmo antes de o Benfica ter defrontado o Fenerbahçe, que o clube das águias já estava garantido na fase de grupos.

 

Perante o resultado de ontem, que não augura nada de bom, os comentadores especializados decidiram enfatizar que “apesar de no futebol não existir resultados injustos”, o empate de ontem não foi justo para o Benfica. Ai… o Benfica jogou melhor. Ai… o Benfica atacou muito mais. Ai… o Benfica teve inúmeras oportunidades de golo. Ai… o Benfica poderia ter marcado mais 3 ou 4 golos.

 

A verdade é que o Benfica não marcou mais 3 ou 4 golos. Marcou apenas 1 e de penálti. O árbitro anulou algum golo limpo ao Benfica? O árbitro validou algum golo irregular ao Fenerbahçe? Em geral, a arbitragem prejudicou o Benfica? Ou, então, apareceu algum ser alienígena que tenha condicionado o decorrer dos acontecimentos?

 

Não, pois não? Então, por que raio foi injusto para o Benfica? Parece que "no futebol não há resultados injustos", excepto quando o Benfica perde ou empata.

CDS exige que ministro explique o problema da Ferrostaal, perdão, da Ferrovia…

Assunção Cristas anunciou que vai requerer a presença do ministro Pedro Marques na Assembleia da República, para que explique a situação grave da Ferrostaal. Oh! Enganei-me outra vez, é Ferrovia e não Ferrostaal.

 

Cristas e o seu CDS querem saber a razão pela qual os comboios da CP estão a afundar-se como submarinos. Até Nuno Melo, candidato a manter o seu lugar como eurodeputado por mais 5 aninhos, atreveu-se a sugerir a privatização da CP ou, pelo menos, dos troços mais rentáveis. Eu até aposto que ele tinha uma lista de potenciais investidores privados interessados na negociata, porque se há alguém que sabe fazer o trabalho de casa é Nuno Melo.

 

Olha! Se calhar a Ferrostaal pegava no negócio, já que são especialistas em coisas que afundam. E o CDS até pode indicar Paulo Portas para intermediar a comezaina, com a devida permissão do senhor Mota, pois claro.

 

O Governo só não resolverá este problema por muita má vontade, pois o CDS já encontrou a solução.