Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

RAPIDINHA

De certeza que são luas? Não serão balões "espiões" da China?

Novo Banco? É o capitalismo, estúpido.

dinheiro.jpg

Há negócios que, por um lado, são profundamente ruinosos para os contribuintes, que têm que suportar os prejuízos, e que por outro, são negociatas altamente rentáveis para meia-dúzia de marmanjos. Tudo isto é realizado dentro da lei, ou seja, tudo acobertado por uma legislação feita à medida pelos senhores que manuseiam as instituições políticas nacionais e internacionais.

E depois de exposta a desgraça vêm com a conversa de “auditorias independentes”, como se as instituições que realizam as auditorias não fossem parte integrante da máquina capitalista.

SIC Memória (curta)

O principal canal de televisão da Sociedade Independente de Comunicação – SIC – passou a “SIC Memória”, tal é a quantidade de programas repetidos (e sem sentido) que se orgulha de emitir.

A estação de televisão SIC perdeu por completo o respeito pelos seus telespectadores. Como é possível um canal de televisão, que por acaso até é líder de audiências, dar-se ao desprezo de repassar programas de interesse duvidoso no chamado “horário nobre”?

Podem alegar que isso não os impede de liderar as audiências, mas onde está a inovação, a qualidade, a competência de que tanto se gabam? E, não menos importante e que convém reforçar, onde paira o respeito pelos telespectadores?

Sim, a SIC lidera as audiências, mas com a grelha de programação que tem vindo a seguir não deverá ser por muito mais tempo. Além disso, já perdeu para a concorrência, o factor que catapultou o canal para a liderança nos últimos meses.

Falando em Cristina Ferreira, como é possível o director de informação da SIC dizer que a TVI está a tentar “matar a concorrência”, ao roubar pessoas ao “seu” canal? Qual foi a postura da SIC em relação à TVI há não muito tempo atrás? O senhor Ricardo Costa tem a memória muito curta, talvez por isso tenha descoberto, só agora, que os programas de comentário desportivo constituem um “ambiente tóxico, totalmente intolerante e particularmente fanático”. Sustentado nestas brilhantes e surpreendentes conclusões decidiu acabar com o programa de comentário desportivo “O Dia Seguinte” da SIC Notícias, um programa com mais de 17 anos que, por sua indicação ou anuência, tem vindo a depauperar os níveis de toxicidade, numa clara e desesperada tentativa de ombrear com a CMTV nessa bonita guerra pelas audiências.

Ora, estava fácil de ver que ninguém conseguiria bater a CMTV, alinhando pelo mesmo nível. Para Ricardo Costa, que além de memória curta parece ter também as vistas curtas, foi necessário mergulhar no lamaçal para chegar a tão estonteante conclusão.

Contudo, Ricardo Costa mantém-se muito optimista quanto ao futuro (deve ser de família) e afirma não ter dúvidas de que “o Daniel Oliveira sabe mais do que a Cristina na visão geral e na modernização da TV”. O Daniel Oliveira é, de facto, um visionário da TV, até conseguiu transformar a SIC em SIC Memória, vejam bem.

Fácil, fácil...

ronaldo.jpg

Vencer o campeonato da Serie A em Itália não é nada fácil, sobretudo quando se veste as cores da Juventus. Ronaldo conquistou o título da Serie A pela segunda vez, algo que só se consegue com muito trabalho, muita determinação, muito talento, muito querer, muita humildade e sacrifícios mil. Coisa só ao alcance de predestinados.

Fácil? Fácil, fácil seria vencer a Liga dos Campeões pelo Alverca.