Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

A crise na China é culpa do Sócrates

Tenho estranhado o facto de nenhum direitolas ainda ter afirmado que a crise na China é culpa do Sócrates, mas não deve tardar muito a acontecer. Assim que a crise chinesa cause algum efeito negativo na economia portuguesa, não vão faltar cucos da Direita a relacionar a hecatombe com José Sócrates.

 

Até parece que já estou a ouvir um Marco António Costa ou um Nuno Melo qualquer a conjecturar algo do género:

 

O défice público em Portugal aumentou, porque não foi possível vender aos chineses da Anbang o Novo Banco por um valor interessante, que permitisse ao Estado português reembolsar o empréstimo de 3.900 milhões de euros que o governo PSD/CDS resolveu conceder ao Novo Banco. Mas é importante recordar que o Novo Banco (o banco bom) foi criado pelo Banco de Portugal, cujo governador é Carlos Costa e que foi nomeado para esta função em 2010, pelo governo de José Sócrates. E o BES caiu por culpa do Sócrates; E o Novo Banco foi criado por culpa do Sócrates; E os 3.900 milhões que lá metemos foi culpa do Sócrates; E o crash na Bolsa Chinesa é culpa do Novo Banco, que está a exigir à Anbang que suba a parada, por causa do reembolso do capital público que o nosso governo teve que injectar no banco, e tudo isto por culpa do Sócrates.

 

Portanto, estará perfeitamente estabelecida a correlação entre a crise chinesa e José Sócrates, pelo prisma de um qualquer direitolas nacional.