Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

A escolha é simples: Guariroba ou Bolsonaro?

É já no próximo Domingo que o Brasil vai escolher o seu próximo Presidente. Já há muito quem diga que o vencedor das eleições presidenciais já se encontra escolhido, mas como o Brasil ainda é uma democracia, o melhor mesmo é esperar para ver.

 

As sondagens há muito que dão a vitória a Bolsonaro e os inquéritos de opinião indicam que o eleitorado que vai votar em Bolsonaro vai fazê-lo em modo anti-PT. Ou seja, a maioria das pessoas que pretende votar em Bolsonaro diz que o vai fazer para evitar que o PT continue no poder. Bom, se entendem por “poder” a presidência, convém lembrar que o PT já não está no poder há mais de dois anos.

 

Mas a “grande” questão que se coloca ao povo brasileiro no próximo dia 28 de Outubro é se pretendem continuar a viver em democracia ou regressar aos tempos da ditadura. É isto que está em causa. É bem verdade que, todos os dias, a democracia expõe-nos os seus mais variados defeitos. E o Brasil que o diga. Tal como dizia Saramago, o sistema democrático permite fazer coisas nada democráticas, democraticamente. Mas entre isso e uma ditadura fascista, a escolha parece-me óbvia.

 

O PT pode ter feito asneiras (que partido não as fez?) e é compreensível que algumas pessoas tenham muitas reservas em relação ao voto em Haddad, contudo, perante esta dicotomia não deveriam existir dúvidas.

 

Digamos que, para algumas pessoas, o amargo do voto em Haddad pode assemelhar-se a ter que comer guariroba ao almoço e ao jantar. Mas entre comer guariroba ou engolir baldes de merda todos os dias, creio que a escolha não é difícil.

 

Vá, votem com juizinho.

1 comentário

Comentar post