Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

À espera dos golos de Ronaldo...

Portugal perdeu ontem por 0-1, num jogo de preparação frente à Bulgária. A selecção portuguesa criou muitas oportunidades de golo, apesar de não ter feito um grande jogo. Verdade seja dita, a selecção portuguesa não faz uma exibição bem conseguida há muito tempo, mesmo tendo vencido quase todas as partidas.

 

Agora o caso mudou de figura, fraca exibição e uma derrota frente a um adversário pouco perigoso. Isto é grave? Eu diria que não, já que se tratou de um jogo de preparação e, como se costuma dizer, é melhor perder em jogos de preparação e vencer nos jogos "a sério". Contudo, fico incomodado quando ouço o seleccionador Fernando Santos afirmar que "o guarda-redes da Bulgária fez defesas sem saber ler nem escrever" e que "Ronaldo está a guardar os golos para o Europeu". E acrescentou que "não gosta de perder nem a feijões" e que "a selecção nacional fez uma das melhores exibições".

 

Jogadores como Ronaldo (e Nani, outro exemplo) falharam golos de baliza aberta. O Nani conseguiu ser mais eficaz do que os centrais da Bulgária ao salvar o golo por duas vezes em cima da linha de baliza, já Ronaldo nem de penálti conseguiu marcar, mesmo quando o guarda-redes que, segundo Fernando Santos "não sabe ler nem escrever", já estava deitado no chão à espera do remate de Ronaldo, só precisou de levantar o braço.

 

Como referi atrás, a selecção portuguesa não faz boas exibições há muito tempo, pelo que o facto de ter tido tantas oportunidades de golo (frente a uma selecção, enfim, acessível) faz crer aos responsáveis da nossa selecção que fizeram uma exibição fantástica. Errado.

 

O que eu vejo são os mesmos erros de sempre. O excesso de confiança, a fanfarronice, o rei na barriga que, por experiência, já sabemos no que vai resultar daqui a poucos meses em França. Mas o seleccionador nacional e alguns jogadores continuam a afirmar que Portugal é candidato a vencer o Euro. Pura arrogância e falta de noção da realidade. O costume.

 

Julgava que Fernando Santos percebia um pouco mais da poda, mas ele está confiante nos golos que Ronaldo vai marcar no Euro. Bem pode esperar sentado.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.