Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

A Paixão do Jesus

Bruno Paixão foi o árbitro escolhido para apitar o jogo entre o Moreirense e o Sporting, no passado Sábado. Sei que já lá vão dois dias, mas como a jornada só termina hoje com a realização dos jogos entre o Braga e Tondela e entre o Benfica e o Vitória de Setúbal, ainda estou dentro do prazo aceitável para me pronunciar sobre o jogo dos leões.

 

E o que tenho eu a dizer sobre esse jogo? Na verdade, não tenho muito para dizer, apenas quero salientar que se tratou de mais um jogo em que os três pontos foram oferecidos ao Sporting.

 

Na antevisão do jogo, Jorge Jesus disse: “Bruno Paixão é um dos árbitros de que eu gosto.”, “Bruno Paixão é um bom árbitro… Temos confiança total…”.

 

E não é que Jesus tinha todas as razões para estar tão confiante e tão “apaixonado” com a nomeação de Vítor Pereira? Curiosamente, Jorge Jesus acabou por ser expulso, já no último quarto de hora da partida, mas os três pontos, esses já estavam no bolso. O Sporting venceu com um golo irregular de Slimani, que a maioria da comunicação social fez questão de ignorar, preferindo aludir a um segundo golo apontado pelo Sporting (também esse em fora de jogo, mas devidamente sancionado) deixando a ideia que esse golo teria sido legal. Ou seja, passar a ideia de que são penalizados, quando na verdade são fortemente favorecidos.

 

Enfim, continuamos a assistir a uma comovente protecção por parte da comunicação ao Sporting e às habituais patéticas declarações dos dirigentes leoninos, que insistem em fazer figuras de parvo. Mas que eles têm um jeitinho especial para isso, lá isso têm…