Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

A patente subordinação de políticos como António Costa

Os políticos que nos representam no seio das instituições europeias – António Costa logo à cabeça – afirmam, em uníssono, que o problema da escassez de vacinas não se deve às patentes. E até vão mais longe quando defendem que, caso se libertassem as patentes, a produção das vacinas não iria aumentar de um dia para o outro. Dizem-no como se a problemática sobre as patentes das vacinas não tivesse sido levantada há pelo menos um ano atrás, quando ainda nem sequer havia vacinas prontas. Se os políticos tivessem exigido o levantamento das patentes nessa altura, certamente que teríamos muitíssimas mais vacinas e com o mesmo nível de segurança há já bastante tempo. Um ano não é “de um dia para o outro” como sustentou Costa, Macron e von de Leyen.

Os líderes europeus têm ainda o descaramento de declarar que a melhor forma de garantir a segurança e a qualidade das vacinas é manter as patentes. É preciso ser-se muito sabujo para tomar uma posição desta natureza, quando o mundo inteiro clama por muitas mais vacinas. E quando até o Governo norte-americano e a Organização Mundial da Saúde defendem o levantamento das patentes, quando a própria Organização Mundial do Comércio se dispõe a debater o assunto e até o Papa apela para que isso se concretize rapidamente, os políticos europeus vêm dizer que não, que não deve ser esse o caminho, como bons capachos que são.

Ursula von der Leyen até chegou a afirmar que “a Europa é a farmácia do mundo”. Se a Europa é a farmácia do mundo, Ursula von der Leyen é uma péssima gestora de compras e de stocks. Não, senhora dona Ursula, a Europa, ou melhor, a União Europeia é, de facto, um agente importante na cadeia de negócio da big pharma, mas não se trata de uma farmácia, trata-se da melhor trupe de delegados de propaganda.

As patentes das vacinas até podem vir a ser levantadas, mas uma coisa é garantida, a subordinação patente nestes políticos de quinta categoria que representam as instituições europeias jamais cairá.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.