Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

Aos cuidados do Sr. Ministro da Saúde

O ministro da saúde, Adalberto Campos Fernandes, disse que “é evidente que existe má gestão na saúde”. Trata-se, pois, de uma grande lapalissada, mas quando dita pela pessoa que tem como função e responsabilidade máxima de gerir a saúde em Portugal, a coisa ganha contornos para lá do absolutamente ridículo.

 

O senhor ministro disse ainda que “a má gestão existe também noutras áreas”, como se isso amenizasse a falta de rigor na gestão da saúde. Ainda acrescentou que, “basta ir ao portal do SNS para ver que há hospitais com muito bom desempenho e outros com muito mau desempenho”. Achará o senhor ministro da saúde que a má gestão acontece apenas nos hospitais? Achará também que o facto de haver hospitais muito mal geridos é algo que escapa às suas próprias responsabilidades?

 

Mais considerações ao cuidado do senhor ministro da saúde. Sendo que um dos principais problemas do SNS é o endividamento, que leva à degradação da qualidade do serviço, estará o senhor ministro empenhado em passar a pente fino todos os contratos (altamente inflacionados e lesivos ao Estado) efectuados no SNS? Refiro-me, objectivamente, aos contratos que o SNS faz com laboratórios e grandes distribuidores farmacêuticos e, inevitavelmente, aos contratos de parcerias público-privadas.

 

Se o senhor ministro da saúde fizesse bem o trabalho que lhe compete, não haveria tanto endividamento nem falta de meios, já que o Estado tem vindo (há décadas) a despender muito mais do que deveria pelo nível de serviços e produtos que adquire. Mas, como o próprio Adalberto Fernandes afirma, a “má gestão é um problema transversal” e “no mundo civilizado a sustentabilidade é uma utopia”.

 

Rápidas melhoras ao senhor ministro e seu ministério.