Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

As declarações de Ulrich não surpreendem...

Fernando Ulrich, presidente do BPI, disse ter ficado "um bocadinho chocado" com os chumbos do Tribunal Constitucional, sustentando que o TC não deveria decidir sobre matérias que tenham a ver com a economia. Ulrich disse também que as decisões sobre a gestão da economia do país deveriam ser tomadas no Parlamento e não pelo TC, já que este assunto vai muito além das questões jurídicas.

 

Porque será que não fiquei surpreendido? Para Ulrich a economia deve estar acima da Lei. Para Ulrich o governo poderia determinar um corte salarial de 100%, durante um ano ou dois, para acabar de vez com a dívida que não fazeria mal nenhum. Segundo ele, tratar-se-ia de uma questão económica e, portanto, o Tribunal Constitucional não deveria pronunciar-se. 

 

Mas, se atentarmos bem nas suas palavras verificaremos que nem sequer fazem sentido porque, seguindo o seu estúpido raciocínio, se as questões sobre a gestão da economia não devem estar nas mãos de juristas, então não devem ser decididas no Parlamento que, como toda a gente sabe, é composto maioritariamente por juristas.

 

Enfim, mais um bacoco com os bolsos cheios de cobres e a cabeça cheia de caca.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.