Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

Cavaquinho do Chinês

Cavaco Silva viaja hoje para a China, acompanhado por uma comitiva de 100 empresários, três ministros + 1 e uma fadista. É assim que a notícia tem vindo a público na maioria dos órgãos de comunicação social.

 

Os ministros que o acompanham são: Crato (Educação), Pires de Lima (Economia) e Machete (Negócios Estrangeiros). Paulo Futre perguntaria: "E quem é esse + 1?" Esse + 1 é Paulo Portas que, apesar de já não ser Ministro dos Negócios Estrangeiros não perde uma oportunidade para andar de "cu tremido", é assim que na minha terra se diz daqueles que gostam muito de "laurear a pevide".

 

Mas eu gostaria de perguntar ao Sr. Cavaco Silva quem são os empresários que escolheu para mais um regalório pago pelo Zé Povinho. Constou-me que são os mesmos de sempre, os do PSI20 e mais alguns escolhidos a dedo. Qual o critério de escolha? Gostava também de saber se o objectivo é realizar acordos que permitam o aumento do investimento em Portugal, com criação real de emprego e riqueza no nosso país. Ou se esta comandita vai apenas vender casas de luxo aos chineses milionários (criminosos ou não) oferecendo "vistos gold" em troca, fazer negociatas para aumentar a riqueza de "meia-dúzia" de grandes empresários privados e, porventura, tentar privatizar mais alguma coisita do pouco que resta do Estado.

 

Gostaria ainda de desafiar o Sr. Cavaco Silva a apresentar os resultados desta viagem. É muito importante tornar claro que estas viagens (que muito pesam na carteira dos portugueses) são profícuas para o país. Caso contrário, o melhor é estar quietinho em Belém ou a escrever prefácios.

 

Sinceramente, não acredito que esta viagem vá trazer algo de bom para o país, tal como todas as anteriores não trouxeram. E quanto aos critérios do Sr. Cavaco, bem, isso é ainda mais fácil de perceber, basta ver o critério de escolha da fadista que o acompanha SEMPRE! Um Presidente da República isento, mesmo que tenha preferência pelo estilo musical Fado como melhor exemplo da cultura musical portuguesa, procuraria variar a sua escolha, dando também oportunidade a outros fadistas para o acompanhar. Mas Cavaco tem um "carinho especial" pela fadista Katia Guerreiro. Qual Mariza, Camané, Ana Moura ou outro fadista qualquer?! É a Katiazinha e mais nada! E porquê? Porque a Katiazinha foi sua mandatária para a juventude (o que quer que isso signifique). Porque a Katiazinha é muito amiguinha do senhor Cavaco. Etc.

 

Aquele a quem chamam de Presidente da República Portuguesa é, de facto, um monte de coisas, reformado do Banco de Portugal, professor reformado, político reformado, ex-accionista da SLN-BPN (com mais-valias), é também manager da fadista Katia Guerreiro, mas Presidente da República Portuguesa... isso é que ele não é.