Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

RAPIDINHA

“Stalin assinava um acordo secreto com Hitler. Nove dias depois, começava a II Guerra Mundial”. São os FdP (Fanáticos da Propaganda), uma vez mais, prostrados de quatro e levar com os bacamartes de Washington e a latir a sua propaganda. É verdade que Estaline assinou um acordo com Hitler, em Agosto de 1939. Mas em que consistiu esse acordo? E já que falam na II Guerra Mundial, como é que ela acabou? Não me digam que foi com o desembarque na Normandia… Ah! Os heróis da Normandia!

Como te atreves, Greta?

greta_zelensky.jpg

Há cinco anos, Greta Thunberg espalhava o apocalipse nas redes sociais - baseando-se nas estimativas de um “cientista de topo” – alegando que “se não parássemos de utilizar combustíveis fósseis nos próximos cinco anos (portanto, até agora), as alterações climáticas iriam acabar com toda a humanidade”.

tweet_2018-2023.jpg

Cinco anos depois, ainda não se vislumbrou nenhum “follow-up” àquele tweet apocalíptico, por parte de Greta Thunberg. Mas a jovem activista sueca nunca decepciona os seus “seguidores”, pelo que decidiu viajar até Kiev (não sei se num barco à vela ou asa-delta) para se juntar a outro grande activista pelo clima (Zelensky) e condenar veementemente os russos pela prática de ecocídio.

Recordemos que Greta Thunberg optou pelo absoluto silêncio aquando do enorme crime ambiental e desastre ecológico que foi o ataque aos gasodutos Nord Stream. Talvez Greta tenha optado por ficar em silêncio para não perturbar o sossego dos arenques no Mar Báltico. Talvez tenha sido isso.

Portanto, um dos maiores crimes ambientais alguma vez cometidos em águas europeias – mesmo ali ao pé da Suécia – não foi razão suficientemente forte para despertar a raiva justiceira da menina Greta. Nem o facto de haver um “grupo de especialistas” (seus compatriotas), que desenvolveu uma investigação e afirmou saber quem perpetrou o ataque aos Nord Stream fez com que Greta esboçasse o mínimo interesse sobre o assunto.

Resta salientar o facto de o senhor Zelensky – com tantas entrevistas e sessões fotográficas para a comunicação social ocidental, com tanta actividade nas redes sociais, com diárias reuniões e videoconferências com o Pentágono e a CIA, com tantas viagens e discursos de propaganda nos mais diversos parlamentos europeus, com a condecoração de nazis e, agora, com a realização de encontros com delegações pelo clima (como fazem as pessoas de bem) – ainda ter tempo para se dedicar com todas as suas forças a combater a invasão dos russos, “que estão a realizar uma guerra horrorífica no seu país, que nem dá tempo para respirar”.

Zelensky faz-me lembrar aquele senhor que tinha o fogo a lavrar a escassos metros de sua casa, mas teve que abandonar porque tinha uma consulta.

2 comentários

Comentar post