Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

Cristas e a qualidade natural para deturpar

Assunção Cristas veio defender Nuno Melo, eurodeputado do CDS, alegando que o cabeça-de-lista do CDS ao Parlamento Europeu não defendeu que o partido espanhol Vox deveria entrar para o grupo do Partido Popular Europeu (PPE). Cristas veio dizer que Melo disse que “o partido Vox poderia pedir a adesão ao PPE, mas que não significa que isso venha a acontecer”. Cristas ainda acrescentou que, na sua opinião, “não faz sentido um partido como o Vox estar no PPE”.

Afinal, o que disse Nuno Melo sobre o Vox?

Nuno Melo disse que o Vox é “um partido europeísta, um partido que defende muito o que defende o PP”, também disse que “não estranhava que o Vox viesse a entrar no PPE”. Melo foi mais contundente quando afirmou que “o Vox estará para o PP (de Espanha), como o partido Aliança está para o PSD” e, ainda mais categoricamente, Melo afirmou que “o Vox não é um partido de extrema-direita”, que “é um partido de direita”, “talvez à direita do CDS”, “talvez” disse Melo.

Melo não podia ter sido mais claro. Contudo, Assunção Cristas acha que pode deturpar aquilo que foi dito, como se aquilo que ela diz é que é a lei, mesmo que diga uma coisa de manhã, outra à tarde e outra à noite.

No fundo, Assunção Cristas sabe muito bem que todos nós sabemos que ela sabe que nós sabemos que não é assim.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.