Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

Depois da tempestade vem o Bento

Após várias semanas onde se verificou um clima de muita instabilidade no BES, parece que foi encontrada uma "solução" para o problema. Segundo as mais recentes notícias, Vítor Bento será o próximo presidente executivo do BES. É caso para dizer que depois da tempestade vem... o Bento. Vítor Bento é um conhecido economista da nossa praça. É também muito próximo de Cavaco Silva (mera coincidência) e Eduardo Catroga, aliás, fez parte da secretaria de estado do tesouro no último governo de Cavaco Silva.

 

Ora, não sei porquê, talvez seja implicância da minha parte, mas tendo a desconfiar da competência e idoneidade de pessoas que vivem debaixo da asa de Cavaco Silva.

 

Mas, o mais importante é saber que agora tudo vai ficar bem no BES. O próprio Miguel Beleza (outro muito próximo de Cavaco) já veio dizer que não se poderia esperar ninguém melhor que Vítor Bento para o leme do BES.

 

Eu nem sequer me importaria com o que se passa no BES, caso não fosse o meu dinheiro (e de todos) que está em causa, pois como se viu em casos anteriores (BPN, BPP, BANIF, etc.) é sempre o nosso dinheiro e as nossas vidas que estão em causa.

 

Ainda ninguém percebeu o que de facto aconteceu no BES. Nem ninguém consegue perceber como se pode exigir a saída do senhor todo poderoso Ricardo Salgado do seu próprio banco. Até há muito pouco tempo, este senhor todo poderoso era visto como o maior banqueiro do nosso país, um homem íntegro, honesto, muito trabalhador e inteligente. Mas agora querem correr com ele! Porquê? Ninguém vai explicar o que se passou? A culpa do desaparecimento de milhões vai ficar nas costas do contabilista? O dinheiro vai continuar desaparecido?

 

Parece-me mais um caso de polícia tal como foi o BPN e, à semelhança do que se passou nesse banco, também ao BES vai parar um amigo de Cavaco Silva para fazer a "gestão dos conflitos". É impressionante como Cavaco Silva tem sempre um amigo no lugar certo... oh, lá estou eu outra vez a implicar...

 

Outra coincidência foi o facto desta notícia ter saído menos de 24 horas depois da reunião do conselho de estado, do qual Vítor Bento também faz parte, pois claro. Quase que me atreveria a dizer que a nomeação de Vítor Bento para presidente executivo do BES partiu dessa reunião, mas isso já seria implicância a mais.

 

P.S. Parece que à administração do BES também vai parar um "rato" do Goldman Sachs... estejam descansados que é tudo gente boa.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.