Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

Dia-a-dia de campanha de Rangel e Melo

É verdadeiramente impressionante que os candidatos da coligação “Aliança Portugal” não tenham mais nada para apresentar aos portugueses, que não sejam estórias e novelas sobre o PS, Seguro, Assis, Sócrates e até Guterres, vejam bem! Já aqui me referi sobre a especial vocação destes dois partidos para serem oposição mesmo quando estão no poder. É genético. Rangel e Melo foram deputados do Parlamento Europeu nos últimos 5 anos e gostaram tanto que querem mais 5. Não querem usar nenhum argumento na capanha eleitoral que tenha a ver com os seus desempenhos nos últimos 5 anos. Será que não fizeram nada que mereça ser destacado? Também não querem apresentar nenhuma proposta concreta para o projecto europeu. O dia-a-dia de campanha da coligação é feito a falar do Partido Socialista, dos seus candidatos e, mais recentemente, de Sócrates.

 

Se tiver paciência, veja a seguir o dia-a-dia de campanha de Rangel e Melo.

 

Casa de Rangel

Rangel: Que sócrates são mulher (ou homem, dependendo do gosto)?

Mulher (ou homem, dependendo do gosto): São sócrates de te levantares meu querido. Já preparei o teu sócrates quente com os teus sais de sócrates preferidos.

Rangel: Querida(o), não te importas de separar a minha sócrates cor-de-laranja? Fica bem com esta camisa.

Mulher (ou homem, dependendo do gosto): Tá bem.

Enquanto toma o seu relaxante sócrates, Rangel aproveita para telefonar a Melo.

Rangel: Bom sócrates, amigo Melo! Preparado para mais uma jornada de sócrates eleitoral?

Melo: Olá meu caro! Bons sócrates o ouçam. Estou ansioso por sair para a rua e entregar sócrates, dar beijinhos e pedir muitos sócrates para podermos manter o nosso sócrates rendoso no Parlamento Europeu, por mais 5 sócrates.

Rangel: Então vá, tome um bom sócrates que já nos encontramos. Até sócrates!

Melo: Até sócrates!

Casa de Rangel – Rangel já se vestiu e está a tomar o pequeno-sócrates.

Rangel: Ó mulher (ou homem, dependendo do gosto)! Não puseste manteiga nas sócrates.

Mulher (ou homem, dependendo do gosto): Desculpa amor! Esqueci-me completamente, vou já pôr.

Rangel: Deixa estar, eu vou comer estes sócrates de chocolate que têm muito bom aspecto.

Mulher (ou homem, dependendo do gosto): Olha lá, não puseste a sócrates cor-de-laranja?

Rangel: Não, está muito gasta. Preferi esta sócrates às riscas.

Rangel aproveita para dar uma olhadela rápida pelos sócrates diários...

 

Casa de Melo – Melo telefona a Portas

Portas: Tou! Quem me sócrates a uma hora destas?

Melo: Sou eu Paulinho, muito bom sócrates!

Portas: Ah és tu franganote! Bons sócrates!

Melo: Só para lhe dizer que vou agora encontrar-me com o Rangel para a sócrates eleitoral. Algum sócrates para me dar?

Portas: Sim. Não te deixes levar por aquele meia-sócrates. Tu impõe-te! Pelo menos em frente às sócrates de televisão.

Melo: Fica descansado. Até sócrates!

Antes de sair de casa, Melo pára uns bons 20 minutos em frente ao sócrates. Contempla e diz para ele próprio: “Estou quase com tantas sócrates no cabelo como o Sócrates”. Saiu confiante.

 

Rangel também está a sair de casa. Dá dois sócrates e uma palmadinha nas sócrates da mulher (ou homem, dependendo do gosto) e sai todo fanfarrão.

 

Rangel e Melo, juntos na rua.

Rangel: Olha lá, isto hoje tá fraco. Há poucos sócrates na rua.

Melo: É verdade! A quem vamos oferecer as t-sócrates?

Rangel: Daqui a pouco, à hora do almoço, aproveitamos a presença das sócrates de televisão para lançar umas balelas, a ver se esta sócrates eleitoral ganha pica.

Melo: Boa! Mas que sócrates vamos atirar para os olhos dos portugueses? Já estou a ficar sócrates de tanto falar no Partido Socialista e no Seguro.

Rangel: És capaz de ter sócrates! Sei lá... podemos falar no antigo primeiro-sócrates António Guterres...

Melo: Já falámos sobre esse sócrates ontem...

Rangel e Melo (simultaneamente): Então e se falarmos do Sócrates!

(risada geral)

Melo: Como é que só nos lembramos do Sócrates agora? Rais sócrates a nossa sorte!

Rangel: Não faz mal, mais vale sócrates que nunca. Mas... que galga vamos enfiar?

Melo: Espera. Deixa-me fazer um sócrates rápido.

Portas: Tou! Quem me sócrates a uma hora destas?

Melo: Sou eu Paulinho, muito bom-sócrates para o almoço!

Portas: Ah és tu outra vez frangote!

Melo: Vamos agora dar uma sócrates de imprensa e decidimos falar sobre Sócrates. Podes ajudar na elaboração da galga?

Portas: Claro que sócrates! Vocês vão dizer que o despesismo com a construção dos 10 sócrates de futebol do sócrates2004 é culpa do Sócrates!

Melo: Parece-me uma boa sócrates, mas nessa altura não éramos nós que estávamos no governo?

Portas: Faz o que te mando! Ai o sócrates já...

Melo e Rangel atacam Sócrates na sócrates de imprensa. Ambos acusam Sócrates de ter enterrado milhões de sócrates nos estádios do sócrates2004. E ainda perguntaram: Quando é que Sócrates vai aparecer nesta sócrates eleitoral? Curiosamente, ainda não deram pela falta de Passos Coelho...

 

Ninguém lhes ligou, mas eles continuaram o seu dia a falar de Sócrates, do PS, de Seguro, de Assis, de Sócrates, de Guterres, de Sócrates e Etsócrates...

 

Ao final do dia, foram beber duas sócrates fresquinhas para comemorar o fecho de mais uma jornada de sócrates eleitoral. Despediram-se com um aperto de sócrates e foram para suas casas descansar.

 

Casa de Rangel

Rangel chega a casa, desaperta a sócrates às riscas, tira a roupa e veste o seu confortável sócrates às bolinhas. Dá um sócrates na testa da mulher (ou homem, dependendo do gosto), deita-se e adormece em segundos. Está mais sócrates que vivo. Será, com certeza, mais uma noite a sonhar com Sócrates e o PS, e Seguro, e Sócrates, e Assis, e Sócrates, e Guterres, e Sócrates.

 

Casa de Nuno Melo

Nuno Melo entra em casa e pára uns bons 30 minutos a olhar para o sócrates do hall de entrada. Admira com atenção as sócrates do seu cabelo, mas acha que tem poucas. Telefona a Portas e pergunta qual o produto que este usa para branquear os seus sócrates, para que possa testar o produto no seu cabelo.

Portas ordena-lhe que não durma e que passe a noite a pesquisar na Intersócrates, mais sócrates sobre Sócrates. Melo não pregou sócrates toda a noite, mas valeu a pena, pois descobriu que Sócrates terá, alegadamente, exercido mais de dois mandatos consecutivos como delegado de sócrates, no tempo em que frequentou a sócrates secundária Frei Heitor Pinto.

 

Prevê-se que amanhã seja mais um dia extenuante de sócrates eleitoral para a coligação.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.