Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

É uma vergonha. E também é vergonhoso...

O Governo anunciou uma proposta de aumento dos salários da Função Pública de 0,3% para o ano de 2020. O valor proposto vai ser discutido, em reunião extraordinária, hoje, com os representantes sindicais, mas não se antevê que haja grande flexibilidade por parte do Governo.

O valor proposto pelo Governo é, de facto, uma vergonha. A tabela remuneratória única dos trabalhadores da Função Pública contempla vários níveis remuneratórios, sendo que são muitos os milhares de trabalhadores que auferem um salário de 635 euros mensais. Estas pessoas terão um aumento salarial mensal inferior a 2 euros. É ou não é uma vergonha?

Pior que isto, só o facto de os sucessivos governantes insistirem nesta ideia injusta e estúpida de proceder a aumentos salariais “iguais” para todos. Choca-me ainda mais quando se trata de um Governo que se diz de Esquerda.

Vejamos, faz algum sentido estabelecer a mesma taxa de aumento salarial para os diferentes níveis remuneratórios?

Não me parece que a justiça social e a mitigação das desigualdades se façam desta forma. Tomemos como exemplo a ridícula taxa de aumento de 0,3% e constataremos que quem aufere um salário de 635 euros terá um aumento inferior a 2 euros, por outro lado, quem está no topo da tabela remuneratória terão um aumento de aproximadamente 19 euros. Ou seja, aqueles que auferem um salário 10 vezes superior ao salário mínimo praticado na Função Pública, terão um aumento real também 10 vezes superior. Mas que raio de justiça social é esta? Justiça social seria inverter os aumentos, isto é, quem aufere menos é que deveria receber o maior aumento. Neste caso concreto, aqueles que recebem 635 euros seriam aumentados em 19 euros e aqueles que recebem 6350 euros teriam um aumento de apenas 2 euros (aproximadamente), ou, nem sequer seriam aumentados.

Será assim tão difícil perceber que a justiça social só se consegue através da implementação de medidas desiguais?

Vergonhoso.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.