Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

"Este" PS não merece

"Este" PS não merce a confiança dos eleitores de Esquerda. Já há algum tempo que o Partido Socialista não tem conseguido distinguir-se de forma vincada dos partidos de Direita, ainda que seja sempre preferível um PS "adireitado" que qualquer PSD e/ou CDS.

 

Este PS têm-se afastado da matriz socialista, que está na sua génese, algo que está a descaracterizar o partido e a afugentar o seu eleitorado. O socialismo democrático sempre foi a pedra basilar do espectro político do Partido Socialista. Mas este PS prefere falar mais em social-democracia do que socialismo democrático, mas não no sentido socialista e igualitário que Marx e Engels defendiam. 

 

Ontem, no debate com Catarina Martins, António Costa fez questão de se auto-proclamar social-democrata, sendo que não se estaria a referir à social-democracia de Marx, com certeza. Seja como for, um socialista em campanha não se apresenta como social-democrata ao eleitorado português, sob pena de ser confundido com quem milita no PSD (Partido Social Democrata). Apesar de considerar que são os laranjas que usam uma terminologia ideológica propositadamente errada, começando logo pelo nome que escolheram para o partido (anteriormente, Partido Popular Democrático), é sabido em Portugal que os "sociais-democratas" são os laranjas, repito, ainda que de forma deliberadamente deturpada.

 

Portanto, Costa não só não tem sido capaz de afastar o PS do PSD, como ainda faz questão de usar termos que os confundem. Mas Costa ainda foi mais longe, chegando a afirmar que não percebe a forma de actuar dos "esquerdistas". Ou seja, se ainda houvesse dúvidas, Costa fez questão de deixar bem claro que "este" PS não é "esquerdista". Por isto, se considera fazer parte do eleitorado de Esquerda já sabe em quem não votar.