Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

EstupidaMente

A estação de televisão SIC tem um novo programa aos Domingos à noite, chama-se DivertidaMente. Este programa, que é apresentado por João Manzarra, é um concurso onde os participantes estão sujeitos a uma série de provas “divertidas”, perdão, estúpidas, com a particularidade de, supostamente, estarem hipnotizados.

 

Mais de quinze anos depois da célebre afirmação “firme e hirto como uma barra de ferro”, protagonizada pelo professor Alexandrino no programa Herman SIC, a estação de Carnaxide volta a recorrer às estúpidas e desesperadas tácticas para reconquistar audiências. Depois da impossibilidade de prosseguir com o programa “Supernnany” e do gigantesco flop que foi o programa “D’Improviso”, a SIC atira João Manzarra para os serões de Domingo à noite, com um programa que, se não fosse tão estúpido, seria um dos maiores insultos que um canal de televisão pode fazer aos seus telespectadores.

 

Reconheço que não vi o programa de estreia por completo, mas do pouco que vi, associado às insistentes e nauseantes imagens que vão passando durante toda a semana, deu para perceber do que se trata. Resumindo, temos um apresentador pago para fazer figura de estúpido, quatro “concorrentes” (ou, se preferirem, candidatos a actores canastrões) recrutados para fazerem de conta que estão estupidamente hipnotizados e ainda uns quantos convidados especiais que, por dívidas, gratidão ou obrigação lá aparecem para tentar conferir alguma credibilidade à coisa, o que também não deixa de ser estúpido. Falta ainda falar do hipnotizador. Trata-se de um indivíduo que aparenta ter nacionalidade estrangeira, já que fala um português com sotaque esquisito, mas dotado de uma singular e instantânea capacidade para hipnotizar qualquer um. Não consigo entender por que razão não convidaram o professor Alexandrino para o efeito. Se o objectivo é o entretenimento, o Alexandrino serviria muito melhor esse propósito. Mas, a SIC deve achar que o que vem de lá de fora é que é bom.

 

Para terminar, quão estúpido tem que ser um(a) director(a) de programas ou, em última instância, o director-executivo de um canal de televisão, para considerar que os telespectadores são também estúpidos ao ponto de querer consumir um programa de tão fraca qualidade?

 

Veremos quanto tempo vai durar. Se ainda não viu, aproveite, é hoje à noite. Mas não permaneça por muito tempo, pois há um elevado risco de estupidificação.