Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

Hambúrgueres sulfitados

Há poucos dias a Deco recomendou aos consumidores que não comprem hambúrgueres pré-preparados nos talhos. A Associação de Defesa dos Consumidores afirma que foram encontradas bactérias nocivas e aditivos alergénicos (os famosos sulfitos) na carne picada, dando assim a ideia de que o produto é fresco.

 

Quando ouvi a notícia sobre o estudo da Deco não fiquei nada surpreendido, sempre desconfiei da qualidade desse tipo de produtos, pelo que o melhor é não arriscar. Já corremos riscos suficientes ao comprar e ingerir a “carne normal”, aquela que em princípio é mesmo fresca.

 

O que me surpreendeu foram as declarações dadas pelo Inspector-geral da ASAE sobre este assunto. O senhor inspector disse que não havia qualquer razão para alarme, visto que a própria ASAE tem efectuado inspecções regulares nos talhos portugueses (ao longo de 2016), cerca de duas fiscalizações por dia, portanto, segundo o próprio, “umas 630”. Disse ainda que se verificou uma taxa de incumprimento, por estas e outras razões (higiene, uso de sulfitos, rotulagem, etc.), de cerca de 22%. Acrescentou que a saúde pública não está em risco.

 

Já que o jornalista/repórter não foi capaz de questionar o senhor inspector (depois fazem conferências para se queixarem), eu pergunto:

 

Sr. Inspector-geral, não lhe parece que uma taxa de incumprimento de 22% nas condições de higiene e segurança alimentar nos talhos inspeccionados é demasiado? Não lhe parece que a saúde pública pode estar em risco (e de que maneira)?

 

Não lhe parece também que depois de tais afirmações deixou de ter condições para continuar no exercício das suas funções?