Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

RAPIDINHA

Um vintém é um vintém, um cretino é um cretino.

Mais um médico de renome (vacinado) que em breve será “um chalupa anti-vacinas”

aseem_malhotra.jpg

Aseem Malhotra é um prestigiado cardiologista britânico. É conhecido por ser um activista pela saúde pública, por escrever vários livros na área da saúde e também por desenvolver vários estudos científicos. Foi um dos primeiros a tomas as primeiras duas doses da vacina, tendo mesmo promovido a sua toma na comunicação social.

Tendo decorrido mais de um ano e meio após a chegada das vacinas contra a Covid-19, a evidência que sustentava a eficácia inicialmente anunciada mudou, sendo que a taxa real de eventos adversos associados à toma da vacina também se agravaram, sobretudo à medida que a população mais jovem foi entrando no processo de vacinação.

Num novo estudo científico, Aseem Malhotra sustenta que dados reais revelam que o risco de sofrer um evento adverso com a toma das vacinas mRNA é significativamente maior do que a probabilidade de vir a ser hospitalizado por COVID-19, especialmente na população menos envelhecida.

Quem quiser consultar o estudo pode fazê-lo nos seguintes links:

https://bit.ly/3dJuN3W

https://bit.ly/3dMKIhV

https://insulinresistance.org

Sugiro que se apressem a ler o estudo enquanto o Dr. Aseem Malhotra não deixa de ser um profissional altamente credenciado e valorizado no meio clínico e científico. É bastante provável que, muito em breve, passe a ser considerado um “anti-ciência”, um “anti-vacinas” e um académico de referência que perdeu as estribeiras, tal como aconteceu a muitos, muitos outros, ao longo dos últimos dois anos e meio. 

4 comentários

Comentar post