Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

RAPIDINHA

A cotação do petróleo continua em queda, mas os combustíveis vão aumentar. Porquê? Porque sim. Além disso, o Euro2024 está a começar e andam todos distraídos a bater palmas ao autocarro da selecção... portanto, é uma boa altura para aumentar os preços.

Não sejam piegas e não se martirizem

combustíveis.jpg

No espaço de apenas uma semana, o preço do gasóleo aumentou cerca de 15 cêntimos e o da gasolina cerca de 10 cêntimos. Há várias semanas que os preços dos combustíveis têm vindo a aumentar. Como sempre, os aumentos devem-se às flutuações dos mercados (dizem eles), a que acresce o descongelamento da taxa de carbono, que o governo de António Costa decidiu pôr em marcha.

Tal como acontece com as taxas de juro dos empréstimos (e tudo o resto, excepto os salários), também os combustíveis deverão continuar a aumentar no decorrer das próximas semanas.

Mas, não comecem já a reclamar de tudo e mais alguma coisa. Sigam o conselho do anterior primeiro-ministro e “não sejam piegas”. Sigam também o conselho do actual e “não se martirizem”. E fica tudo bem.

2 comentários

Comentar post