Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

No futebol não há resultados injustos. Só quando o Benfica perde…

O Benfica empatou 1-1 em casa, no jogo da primeira mão do play-off de acesso à fase de grupos da Liga dos Campeões. Recorde-se que estão em causa 43 milhões de euros, que o Benfica não receberá caso não vença o jogo da segunda mão em Salónica, ou empate por mais de 1 golo.

 

Eu não estou nada surpreendido com o resultado de ontem, aliás, o que me surpreendeu foi o Benfica ter conseguido ultrapassar o Fenerbahçe na anterior eliminatória. Mas o que realmente me surpreende é a postura da comunicação social, veiculada pela sua enorme legião de comentadores especializados no métier. Todos diziam, mesmo antes de o Benfica ter defrontado o Fenerbahçe, que o clube das águias já estava garantido na fase de grupos.

 

Perante o resultado de ontem, que não augura nada de bom, os comentadores especializados decidiram enfatizar que “apesar de no futebol não existir resultados injustos”, o empate de ontem não foi justo para o Benfica. Ai… o Benfica jogou melhor. Ai… o Benfica atacou muito mais. Ai… o Benfica teve inúmeras oportunidades de golo. Ai… o Benfica poderia ter marcado mais 3 ou 4 golos.

 

A verdade é que o Benfica não marcou mais 3 ou 4 golos. Marcou apenas 1 e de penálti. O árbitro anulou algum golo limpo ao Benfica? O árbitro validou algum golo irregular ao Fenerbahçe? Em geral, a arbitragem prejudicou o Benfica? Ou, então, apareceu algum ser alienígena que tenha condicionado o decorrer dos acontecimentos?

 

Não, pois não? Então, por que raio foi injusto para o Benfica? Parece que "no futebol não há resultados injustos", excepto quando o Benfica perde ou empata.