Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

O Comunismo é bom ou mau?

A pergunta é pertinente, principalmente nos tempos que atravessamos. Nunca um governo português se mostrou tão empenhado em negociar, eu diria mesmo, em delapidar o nosso património em favor de alguns países em que a ideologia política dominante é o Comunismo.

Mas, afinal, o Comunismo é bom ou é mau? Antes de tentar responder à questão, seria importante salientar em que consiste o Comunismo, já que são muitas as pessoas em Portugal que não sabem o que é, ou que têm uma ideia completamente deturpada. E também são muitos aqueles que fingem que não sabem e que tudo fazem para confundir os seus fundamentos.

De um modo simplista, pode-se dizer que o Comunismo é uma ideologia política, social e económica que se baseia no princípio da igualdade, onde não existem classes sociais distintas e em que o Estado assume um papel preponderante na distribuição igualitária da riqueza. O Comunismo é a ideologia que se opõe ao Capitalismo. O objectivo principal da ideologia comunista é que o povo (que somos todos nós e não uma qualquer espécie de seres alienígenas como alguns tentam fazer crer) detenha o poder de decisão. Ou seja, o Comunismo encaixa-se com perfeição no conceito de Democracia. E, defendendo acerrimamente o princípio da igualdade entre todos, por que razão é o Comunismo tão hostilizado? Pode-se mesmo depreender que todos os que se opõem ao Comunismo, opõem-se ao princípio da igualdade e justiça social e, no entanto, é vê-los ganhar eleições em pleno regime democrático, mesmo havendo a percepção de que a maioria das pessoas desejaria viver numa comunidade igualitária. Estranho não é?

Bem, tudo isto que acabei de dizer pode padecer do facto de ser apenas teoria, um conjunto de generalidades que carecem de fundamentos empíricos (pelo menos em Portugal), mas a verdade é que o Comunismo é isto mesmo que acabei de referir, independentemente daquilo que alguns possam praticar em seu nome.

Mas o que é verdadeiramente estranho é a postura de alguns partidos políticos face ao Comunismo. Em Portugal, nomeadamente os partidos da direita (PSD-CDS), estão constantemente a rotular o Comunismo de "ideologia ultrapassada, retrógrada e utópica". Quando ouço os membros deste governo (e todos os outros que o antecederam, especialmente os de direita), seus deputados e restantes militantes partidários a referirem-se ao Comunismo como um bicho-papão, sustentando que se tivessem o poder levariam o país à ruína eu pergunto: Será que sabem o que é o Comunismo? Ou será apenas medo? Medo que o Comunismo leve à ruína, não o país, mas os interesses perpetuados pela ideologia Capitalista que serve e é servida pelos senhores do poder.

Mais, por que razão esses mesmos senhores, que não suportam sequer ouvir falar em Comunismo, estão sempre muito disponíveis para aceitar dinheiro proveniente dos seus regimes? Comunismo nem pensar! Dizem os amigos do Capitalismo... mas tudo o que possamos colher deles, isso já nos interessa! E até lhes vendem, a troco de meia dúzia de patacas e uns tachos, as maiores e melhores empresas públicas.

E é só olhar e ver mais uma comitiva de capitalistas a bandear-se em direcção ao maior regime comunista, em mais uma tentativa desesperada de delapidação do pouco que sobra do Estado português e, pelo meio, tentar fazer mais uma série de negociatas em nome próprio, procurando apanhar a maior quantidade de cobres aos senhores do Comunismo, que tanto dizem abominar. Tudo isto em nome de um interesse desprezível, em nome da pequena classe dominante a que pertencem e em desfavor do Estado português, da igualdade, justiça social e do povo português.

Resumindo, é esta gente que despreza o Comunismo e que tenta a qualquer custo impedir que esta ideologia possa alguma vez prosperar no nosso país que, simultaneamente, adora, venera e vive sequiosa dos seus frutos. Esta gente não suporta a ideia do Comunismo para todos, mas abraça com muita força os seus lucros, desde que sejam só para eles.

Segundo os senhores da direita, a resposta à pergunta inicial é óbvia: O Comunismo é muito bom, desde que não seja para todos!

 

Tema relacionado: Comunismo e seus detractores

3 comentários

  • Perfil Facebook

    Souza Nadja

    13.07.19

    O sr deve estar contente agora com a subida dos Bolzo's no poder, nao é? Agora temos no prato do dia; cocaina no aviao presidencial, malas com milhoes de propinas p serem pagas a corruptos, helicóptero que mostra que o tráfico tem ajuda política, melícias e laranjas concentram billoes de dollares em um partido voltado para a corrupcao e que o povo que outrora passou a enxergar e isurfluir de uma vida mais digna, caiu na miséria do capitalismo desenfreado e cruel onde o pobre nao tem oportunidade nenhuma de sair da lama. O partido PT foi o único que se concentrou no pobre e deu esperança p essa maioria, sem esquecer no entanto de elevar nosso país ao 6 PIB maior do mundo. Idso nos orgulhou muito. Hoje tudo foi retomado e o país virou de novo uma república de velhos conhecidos fascistas de sempre
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo

    26.05.21

    Sugiro ao nobre defensor do PT e seus asseclas que veja o que fizeram com o povo da Venezuela, milhares e milhares estão entrando por Roraima, fugindo da miséria e da fone imposta pelo governo comunista de Maduro e seus generais, com o apoio de Cuba. Sugiro que se aprofunde nos verdadeiros objetivos do Foro de São Paulo. Sugiro que descubras que esses comunistas no período de 1964, no Brasil, eram treinados em Cuba, Rússia e China. O objetivo deles era implantar a Ditadura do Proletariado no Brasil. Sugiro que leias o Livro o Eixo do Mal Latino-Americano e a Nova Ordem Mundial, escrito pelo ex-integrante de facções comunistas Brasil, Heitor de Paola. Sugiro que leias o livro " Livro Negro da Nova Esquerda" do escritor Augustin Laje e Nicolas Marquez. Sugiro que leias o "Livro Negro do Comunismo" que denuncia o terror, crimes e repressão. Que denuncia mais de 100 milhões de mortes, um verdadeiro genocídio muito pior do que o nazismo. Sugiro que leias o livro " Nasce o Terrorismo no Brasil" do escritor Tiago Girdani. Sugiro que leias "A Hidra Vermelha, do escritor Carlos Ilich. Enfim quero que me apontes uma única nação comunista em que o povo tem o livre pensamento, que não é cerceado pelas suas opiniões, que respeito os direitos a vida, que não use os Engenheiros Sociais comunistas/socialistas para destruir valores, a família, a cultura, Diga-se de passagem, aqui no Brasil, o exemplo de governo perfeito para a turma de criminosos do PT e associados é a Venezuela. Bolsonaro foi a pedra no caminhos desses satânicos bem no estilo do livro 1984 do prestigiado escritor George Orwell e do livro Admirável Mundo Novo do escritor Aldous Huxel.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.