Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

O CSI é uma valente treta

Decorreu hoje na Assembleia da República a sessão de encerramento da discussão e aprovação do OE 2019. Uma vez mais assistiu-se a um enganoso regozijo sobre algumas medidas sociais contempladas em mais um Orçamento do Estado.

 

Vou apenas centrar-me no Complemento Solidário para Idosos (CSI). A bancada do PS congratulou-se com o que o actual Governo tem feito nesta matéria, salientando que aumentou o valor desta prestação social, bem como o número de pessoas que dela beneficiam.

 

Os partidos mais à Esquerda (PCP e BE) também manifestaram o seu contentamento nesta matéria que, como sabemos, sempre defenderam. Já a oposição à Direita (PSD/CDS) pouco ou nada dizem sobre o assunto. Limitam-se a afirmar que o actual Governo não é criterioso nas decisões e que tenta distribuir migalhas por todos.

 

Pois bem, aquilo que a oposição deveria fazer mas não tem coragem, seria verificar se realmente aumentou o número de pessoas que beneficiam do CSI. No papel, aparentemente aumentou, mas na realidade não será bem assim. Os partidos de Direita não vão ao cerne da questão, porque na verdade não estão minimamente interessados na aplicação desta medida. Se estivessem no Governo, como já estiveram, nada fariam para abranger mais pessoas ou aumentar o valor deste apoio social. Deste ou de qualquer outro.

 

Por outro lado, os partidos de Esquerda parecem não conseguir comprovar se os dados que o Governo apresenta são verdadeiros. Parecem acreditar que são, só porque uma folha de Excel diz que sim.

 

Ora, estamos muito mal quando a Assembleia da República não consegue verificar o que são factos e o que é retórica parlamentar.

 

Eu conheço várias pessoas que, mesmo tendo mantido as condições de acesso a esta prestação social deixaram de a receber, já no tempo do anterior Governo (PSD/CDS) e que continuam sem a receber. Esta prestação social, que o actual Governo e a Esquerda parlamentar, em especial o BE, tanto se congratularam de passar a ser atribuída de forma automática, na verdade, não está a ser atribuída a quem tem direito. Também conheço vários casos de pessoas que apresentam condições para acesso a esta prestação e que não estão a receber. Parece que essa história de alargar a abrangência da prestação social, bem como a sua atribuição automática serviu apenas para foguetório político.

 

Como referi, pelo conhecimento real que tenho da situação de várias pessoas, aquilo que dizem sobre o Complemento Solidário para Idosos (CSI) é uma valente treta.