Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

“O Jardim” cheio de ervas daninhas

Por esta altura creio que ainda só metade do país conhece a canção vencedora do Festival da Canção, aquela que vai representar Portugal na Eurovisão. Contudo, a polémica sobre a originalidade (ou falta dela) do tema já fez correr muita tinta. O tema chama-se “O Jardim”, foi composto por Isaura e interpretado por Cláudia Pascoal.

 

As redes sociais, que não perdoam nada, para o bem e para o mal, não perderam tempo e fizeram questão de demonstrar as similaridades entre “O Jardim” e um tema de 2007 dos Cinematic Orchestra chamado “To Build A Home”. A semelhança entre os temas, de facto, não oferece muitas dúvidas.

 

Como vem sendo hábito nestes casos, há sempre quem não aceite os reparos e logo venha defender acerrimamente os que primam pela falta de originalidade. Dizem que nos dias de hoje é muito comum fazerem-se canções parecidas. Eu diria que sempre foi assim, só que agora é muito mais fácil apanhar os “copiões”.

 

Voltemos à acusação que foi feita ao tema “O Jardim”, de este ser parecido com o tema “To Build A Home” do ano de 2007. Será que a Isaura, compositora de “O Jardim”, escolheu a Cláudia Pascoal por esta já ter interpretado o tema “To Build A Home” no programa “The Voice Portugal”? Se calhar foi outra coincidência.

 

Para finalizar, convém salientar que o tema “O Jardim” apesar de ser bastante parecido com o tema “To Build A Home”, parece-se ainda mais com o tema “Nowhere Warm” de Kate Havnevik, editado em 2006. Se é plágio ou não, pouco importa, a verdade é que a canção “O Jardim” não é, nem um bocadinho, original.

 

Parece-me que “O Jardim” está cheio de ervas daninhas.

 

 

Uma nota final para o júri do Festival da Canção. A RTP convidou várias pessoas para exercer a função de júri e foram vários os casos de canções muito pouco originais, às quais o júri atribuiu excelentes pontuações, sem que alguém desse conta da falta de originalidade dos temas...

 

 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.