Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

RAPIDINHA

“Stalin assinava um acordo secreto com Hitler. Nove dias depois, começava a II Guerra Mundial”. São os FdP (Fanáticos da Propaganda), uma vez mais, prostrados de quatro e levar com os bacamartes de Washington e a latir a sua propaganda. É verdade que Estaline assinou um acordo com Hitler, em Agosto de 1939. Mas em que consistiu esse acordo? E já que falam na II Guerra Mundial, como é que ela acabou? Não me digam que foi com o desembarque na Normandia… Ah! Os heróis da Normandia!

O Josep está cada vez mais Borrell

burrell.jpg

Josep Borrell é o Alto Representante da União Europeia para os Negócios Estrangeiros e Política de Segurança. É facilmente confundido com aqueles senhores que costumam frequentar o jardim da praça, para uma partidinha de dominós ou uma bela suecada. É possível deduzir isso com muita facilidade, não apenas pela sua aparência, mas sobretudo por aquilo que verbaliza.

Recentemente, Borrell disse que se a Rússia usar armas nucleares na Ucrânia, o Ocidente aniquilará o exército russo. E insatisfeito com a burrice (ou borrellice) que acabara de proferir, o senhor Alto Representante acrescentou que a Europa é um jardim e que o resto é selva.

Sabemos que Borrell é daqueles que torce muito para que Putin use armas nucleares, apesar de este já ter garantido que não tem qualquer intenção em fazê-lo e que só o fará se a Ucrânia/OTAN o fizer contra a Rússia em primeira ordem. Borrell, que é o Alto Representante da UE para a Política de Segurança prefere atirar gasolina para a fogueira de palavras, ao invés de fazer aquilo que é o seu papel – zelar pela segurança da União Europeia.

Face àquilo que foi dito por Putin, a Borrell só restava um único comentário, ou seja, só teria de dizer que, de acordo com as declarações de Putin, está definitivamente aniquilado o risco de guerra nuclear, uma vez que a Ucrânia e a OTAN nunca irão por esse caminho. Pois é… Borrell só diria algo semelhante se estivesse interessado na segurança da União Europeia, mas como o papel dele é servir os interesses da escalada militar, disse outra coisa completamente diferente.

Borrell considera que a Europa é um jardim muito lindo, mesmo sem nunca ter percebido que a Rússia também faz parte da Europa. A Europa de Borrell é, de facto, um jardim – o jardim da praça, onde Borrell costuma ir jogar dominós e sueca. Não, não… Borrell não faz parte daqueles que joga, Borrell limita-se a ficar encostado a uma árvore a assistir, sem fazer a mínima ideia do que está a acontecer.

24 comentários

Comentar post

Pág. 1/2