Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

Onde estão os “ai se fosse…”?

Durante os últimos quatro anos, muitas das frases proferidas por políticos e comentadores de Direita começavam por “ai se fosse…”. “Ai se fosse o Passos Coelho…”, “Ai se fosse um governo de Direita, qual seria a atitude da Esquerda?”, foram algumas das frases mais repetidas.

Recentemente, aquando da polémica familygate que envolveu o governo do PS, a Direita voltou à carga com um “Ai se fosse um governo de Direita!”. E durante a última campanha eleitoral para as Europeias, a Direita fartou-se de colar o candidato do PS, Pedro Marques, à pessoa de José Sócrates, como se o facto de o ex-Primeiro-Ministro ser arguido num processo retirasse a idoneidade a Pedro Marques.

Agora que Álvaro Amaro (ex-Presidente da Câmara Municipal da Guarda) foi constituído arguido, onde estão os figurões da Direita a exigir que este renuncie ao cargo de deputado europeu?

É caso para dizer “Ai se Álvaro Amaro fosse do PS”.

4 comentários

Comentar post