Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

Os EUA só estão a provar o próprio veneno

As imagens que percorrem o mundo mediático parecem deixar o mundo real perplexo com aquilo que está a acontecer nos EUA. Eu apenas vejo um país a provar o seu próprio veneno.

Os EUA sempre se comportaram como uma nação prepotente, cujo objectivo principal é manter o seu poderio económico e militar. Para atingir estes objectivos, os EUA tiveram e continuarão a ter como prioridade, a criação de factores de instabilidade social, política e económica nos países detentores de matérias-primas essenciais, ou em todos quantos ameacem a sua supremacia. E, dessa forma, condicionar o desenvolvimento desses países relegando-os para uma posição de inferioridade.

Foi e/ou é assim na Venezuela, em Hong Kong, no Iraque, no Irão, no México e, por mais incrível que possa parecer, em toda a Europa. A Europa está tão subjugada ao poder dos EUA, que até vive os tumultos que por lá se passam com maior comoção e preocupação do que habitualmente demonstra para com a resolução dos problemas internos. Uma espécie de síndrome de Estocolmo.

A estratégia dos EUA padece sempre da mesma premissa: minar para reinar.

Há já algum tempo que os EUA têm vindo a provar do seu próprio veneno, situação que culmina, agora, com imagens semelhantes às que um qualquer Guaidó manipulado pelo poder norte-americano protagonizou na Venezuela, há não muito tempo.

You get what you give.