Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

Os U2 testaram os fãs portugueses e a maioria reprovou no teste

Ontem os U2 publicaram o seguinte, nas redes sociais:

 

u2.jpg

Esqueçamos aquela parte do “ah… não foram os U2 que escreveram, foi alguém em seu nome”, porque vai dar ao mesmo. Muitos fãs ou “haters” (a linha que os separa é muito ténue) foram logo a correr cuspir fogo, reclamando que alguns nomes estavam mal escritos e que o Ronaldo e o Eusébio não nasceram em Lisboa.

 

Pois é. A verdade é que os U2 sabem muito bem todas essas coisas, mas como era dia de regresso às aulas, os U2 estavam só a fazer um pequenino teste aos fãs portugueses. Curioso o facto de quase todos os que se apressaram a atirar correcções tenham reprovado no teste.

 

Reparem que os U2 até foram astutos ao começarem por referir Ronaldo e Eusébio, tal como se deve fazer nos testes, isto é, aumentando o grau de dificuldade. Só depois vem o “Passoa” o “Antonio” e o “Saramango”.

 

Mas reprovaram porquê, afinal? Porque, apesar de terem reparado nos erros “Passoa” e “Saramango” passou-lhes completamente ao lado o facto de os nomes Eusébio, António e José também estarem mal escritos. É que os acentos gráficos não são como a estrela que se coloca na árvore de Natal, só para ficar bonito. Acentos? Ou será “assentos”? Não, é mesmo acentos neste caso. “Assentos” tem mais a ver com aqueles lugares onde nos refastelamos a ouvir U2.