Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

RAPIDINHA

Oxalá Trump vença as eleições

Na verdade eu estou-me a marimbar para quem vai vencer as eleições nos EUA. Ao contrário daquilo que muitos advogam, pouco ou nenhum interesse tem para o mundo quem vai vencer as eleições nos EUA, muito menor interesse tem para um país como Portugal que, independentemente de quem seja o Presidente dos EUA, terá sempre uma postura de subserviência.

Eu diria até que pouca diferença faz para os próprios cidadãos norte-americanos quem vai ser o próximo presidente. Se olharmos com atenção para o passado mais recente, rapidamente se constata que independentemente de quem foi o presidente, a história foi uma constante repetição. Para quem já não se recorda, Bush (o filho) era visto como um indivíduo estúpido que iria destruir a reputação dos EUA. Passados estes anos verifica-se que, afinal, Bush (o filho) não era assim tão mau, nem muito diferente do Reagan, do Bush (pai), do Clinton, do Obama ou do Trump.

A verdade é que o Presidente dos EUA não tem assim tanto poder como dizem. Trata-se apenas de um autómato colocado na cadeira do poder. Depois, é tudo uma questão de estilo e de popularidade que apenas servem para desviar as atenções. Enfim, Hollywood no seu melhor.

Mas há uma razão que me leva a desejar a vitória de Trump. Estou muito preocupado com a manutenção dos postos de trabalho de inúmeros jornalistas e comentadores portugueses. Ao longo dos últimos quatro anos, não houve um único dia em que, praticamente todos os órgãos de comunicação social deste país não destacassem pelo menos uma notícia ou um espaço de comentário sobre Donald Trump. Eu nem quero imaginar o que irá acontecer a esses reputados profissionais da comunicação social, caso Trump não vença. Não estou a ver o que poderão fazer durante os próximos quatro anos, caso Biden vença as eleições e os EUA se transformem num verdadeiro Éden.

A bem dos profissionais da nossa comunicação social, que tanto prezo, oxalá Trump vença as eleições.

1 comentário

Comentar post