Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

Parabéns ao “Conquistador”

Quase 3 décadas depois da primeira edição, finalmente, o Estoril Open teve um vencedor português. João Sousa, o melhor tenista português de sempre conquistou ontem o principal torneio de ténis que se realiza em Portugal, o único do circuito ATP.

 

João Sousa teve uma semana inesquecível no Estoril, apresentando sempre um nível muito elevado e uma atitude mental irrepreensível. Sousa esteve forte a todos os níveis e mereceu a conquista do troféu. Para chegar à final, Sousa teve de bater Daniil Medvedev, Pedro Sousa, Kyle Edmund e Stefanos Tsitsipas. Na final, João Sousa defrontou e venceu o norte-americano Frances Tiafoe, que vinha de eliminar, nas meias-finais, o vencedor da anterior edição e n.º 11 do ranking ATP, Pablo Carreno-Busta. Sousa venceu o encontro em apenas dois sets, pelos parciais de 6-4 e 6-4. João Sousa ainda encontrou tempo e motivação para chegar até às meias-finais em pares, tendo feito parceria com o argentino Leonardo Mayer. Sem dúvida, uma bela semana.

 

Com esta importante conquista, João Sousa está de volta ao Top 50 do ranking ATP, subindo 20 lugares esta semana.

 

João Sousa é, indiscutivelmente, o melhor jogador português de sempre. O único com (três) vitórias no circuito mundial ATP e o único que se manteve (e continua) no Top 100 do ranking mundial por 5 anos consecutivos.

 

Incompreensivelmente, João Sousa não é um desportista muito destacado pela comunicação social, nem mesmo o tenista português preferido no meio, mas é sem dúvida o melhor. Com esta significativa vitória em território nacional, bem pode ser apelidado de “O Conquistador”. Ele até nasceu em Guimarães.

 

Parabéns João Sousa!