Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

Piqué, o bom exemplo…

Gerard Piqué é uma das principais caras do Barcelona, do futebol espanhol, europeu e mundial. Há pouco tempo tornou-se também numa das caras mais conhecidas a defender a independência da Catalunha. No passado Domingo, até fez questão de publicar uma fotografia do momento em que foi votar. Mais tarde também chorou para as câmaras, mostrando o seu desalento para com a atitude da polícia (aqui não lhe retiro a razão). Porém, ontem, Segunda-feira, Piqué voltou a juntar-se à selecção espanhola para integrar o estágio de preparação para os últimos jogos de qualificação para o campeonato do mundo de futebol. Como sabemos, Piqué tem vindo a representar a selecção nacional de Espanha desde há vários anos.

 

Como seria de esperar, os aficionados de “La Roja” receberam-no com apupos e insultos. Entretanto, Piqué já tinha afirmado que se os responsáveis pela Real Federação Espanhola de Futebol considerassem que ele deveria abandonar a selecção, ele o faria sem qualquer problema. Ora, aqui está (talvez) a verdadeira analogia daquilo que se está a passar na Catalunha. Piqué é a cara chapada dos independentistas, um verdadeiro exemplo de imaturidade. Reparem que não estou contra Piqué (ou qualquer outro catalão) por ele ser a favor da independência da Catalunha, mas porque não é capaz de agir de acordo com as suas convicções. Como pode continuar a representar a selecção espanhola? Aliás, como pôde alguma vez ter aceitado vestir a camisola da selecção de futebol de Espanha?

 

Piqué é o bom exemplo da imaturidade e irresponsabilidade dos independentistas. Verdadeiros catalães, acérrimos defensores da independência, mas espanhóis quando dá ou deu jeito.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.