Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

Primeiro-ministro sem rebuço, mas com muitos rebuçados para dar

No dia em que até os mais distraídos perceberam que as medidas apresentadas pelo governo não vão servir para combater os números da pandemia – que fazem de Portugal o pior país do mundo, neste momento – António Costa veio a público apresentar mais um lote de medidas, que ele classifica como soluções de recurso, porque o agravar da pressão sobre o SNS assim o exige.

Toda a gente percebeu que as características do actual confinamento (mesmo com o acréscimo das medidas apresentadas hoje) não servirá de nada, apesar de a senhora ministra da saúde ter o desplante de afirmar que o actual confinamento é igual ao de Março e que a mentalidade das pessoas é que mudou. É preciso mesmo muita lata para fazer uma afirmação com este teor, quando 2,5 milhões de pessoas deslocam-se todos os dias para as escolas e estabelecimentos de ensino superior.

António Costa, o chefe de governo sem rebuço - mas com muitos rebuçados para dar – decide reabrir os ATL (Actividades de Ocupação de Tempos Livres) porque, segundo ele e seus especialistas, nesses sítios não há vírus nem contágio.

Reparem, há poucos dias, Costa considerava esses sítios perigosos, mas já mudou de ideia. Provavelmente, terá recebido queixas de alguns papás que se mostraram muito incomodados com o facto de terem que aturar os próprios filhos em casa mais do que duas horas por dia (excluindo o período de sono). Até parece que os estou a ouvir: “Ó senhor Primeiro-ministro, então agora vamos ser obrigados a levar com os nossos filhos cá em casa? Abra lá os ATL, porque nós não estamos com disposição para os aturar tanto tempo cá em casa. Na especial condição de papás compreendemos bem a problemática da pandemia, mas isso não pode constituir um factor para que tenhamos que ser nós a aturar e educar os nossos filhos. Além disso, queremos passear à vontade no junto ao paredão. Veja lá isso”.

Portanto, no momento em que as escolas já deviam estar TODAS fechadas, o excelentíssimo senhor Primeiro-ministro decide reabrir os ATL.