Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

Sempre houve “animais” nos restaurantes

Anda tudo melindrado com a possibilidade de os animais de companhia poderem entrar em cafés e restaurantes. Não percebo a algazarra. Há muitos anos que frequento restaurantes e, na maioria das vezes, fui “obrigado” a aturar a presença das mais variadas espécies de bicharocos. Ora é a mesa ao lado que de um momento para o outro fica repleta de orangotangos num estado de persistente alrotaria. Ora é a mesa que está mesmo atrás de mim que acolhe um grupo de pitas que ainda mal cheiraram as caipirinhas e já se riem como hienas à volta da carcaça. E, não raras vezes, aparece uma família de macacos-prego. Pff… Aí não há mesmo ponta de sossego, a chinfrineira é de tal ordem que nem dá para conversar com as pessoas que estão comigo na mesma mesa. Mas há que ver pelo lado positivo, de repente é-nos oferecida a possibilidade de ter uma refeição repleta de exotismo, recriando-se o ambiente que se vive nas florestas de Bornéu e Samatra. Às vezes até aparecem algumas equipas da BBC para registar o fenómeno. São profissionais tão bem disfarçados que até parecem clientes normais e que procedem à captação de imagens com smartphones, mas eu topo logo que só podem estar ao serviço da BBC Wildlife, tal é o afinco com que desejam captar cada momento.

 

Bem, é por isto que não entendo a posição de muita gente em relação às propostas do PAN, BE e PEV nesta matéria. Eu acho que a presença de alguns animais de estimação nos restaurantes e cafés até poderá contribuir para que os outros baixem a guarda e, quem sabe, adeqúem os seus comportamentos ao espaço e à presença dos demais, tal como qualquer cão bem-comportado é capaz de fazer.

 

Há por aí quem se escandalize e afirme que se encontrar algum cão ou gato num restaurante, simplesmente abandonará o local e não voltará. Pois eu já faço isso há muito tempo. Como não aprecio ter refeições em ambiente de selvajaria, há muito que procuro seleccionar os locais onde posso ter momentos tranquilos à mesa. E, mesmo assim, às vezes ainda sou surpreendido. Fazer o quê? Com tanta gente perita na bela arte de enchiqueirar…

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.