Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

A justiça em Portugal é assim

13.02.20 | contrário | comentar
O juiz que conduz a investigação a Isabel dos Santos é o mesmo que recebeu dinheiro emprestado de um amigo seu, ex-procurador, condenado por crimes de corrupção relacionados com ex-governantes angolanos e a própria Sonangol, à data, presidida por Isabel dos Santos. O (...)

António Costa 2 - 0 Carlos Alexandre

06.02.20 | contrário | comentar
O Primeiro-Ministro, António Costa, terá violado o segredo de justiça ao publicar as respostas que deu, por escrito, às 100 perguntas colocadas pelo juiz Carlos Alexandre, responsável pela instrução do caso de Tancos. Parece que, ultimamente, António Costa, que é (...)

As 100 perguntas de Carlos Alexandre a António Costa

28.01.20 | contrário | comentar
António Costa terá de responder, por escrito, a 100 perguntas colocadas pelo juiz Carlos Alexandre. O juiz responsável pela instrução do processo de Tancos queria, à força toda, que o Primeiro-Ministro respondesse presencialmente às suas questões, contudo, depois (...)

O juiz que inocenta Sócrates a cada entrevista que dá

22.10.18 | contrário | comentar
O juiz conspirador. O juiz que gosta de comentar os processos que conduz. O juiz que produz interpretações pessoais sobre os acusados. O juiz que não aprecia seguir os trâmites da justiça. O juiz que pensa que a justiça é ele próprio. O juiz que não acredita (...)

Afinal Carlos Alexandre tem amigos ricos

03.03.17 | contrário | comentar
Toda a gente se lembra de o super-mega-hiper-juiz Carlos Alexandre ter afirmado numa super-mega-fixe entrevista à SIC, “que não tinha amigos ricos, razão pela qual tinha que viver do seu trabalho”.   Pois, como diz o sábio povão, “a mentira tem perna curta” (...)

Há dúvidas?

10.07.15 | contrário | ver comentários (1)
A anedótica "operação marquês", executada pelos não menos anedóticos senhores Carlos Alexandre e Rosário Teixeira (juiz e procurador) e orquestrada pelos senhores do poder, continua a produzir os seus efeitos.   Mas alguém duvida que este caso foi montado (...)