Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

RAPIDINHA

“Stalin assinava um acordo secreto com Hitler. Nove dias depois, começava a II Guerra Mundial”. São os FdP (Fanáticos da Propaganda), uma vez mais, prostrados de quatro e levar com os bacamartes de Washington e a latir a sua propaganda. É verdade que Estaline assinou um acordo com Hitler, em Agosto de 1939. Mas em que consistiu esse acordo? E já que falam na II Guerra Mundial, como é que ela acabou? Não me digam que foi com o desembarque na Normandia… Ah! Os heróis da Normandia!

Paulo Rangel e a sua concertação social

23.11.21 | contrário | comentar
O candidato à liderança do PSD, Paulo Rangel, após uma reunião com a CIP (Confederação “Impresarial” de Portugal) disse que “este Governo, nestes seis anos, e em particular nestes últimos dois, praticamente destruiu, ignorou a concertação social”. Disse (...)

Passos Coelho e o Salário Mínimo Nacional

01.11.16 | contrário | ver comentários (29)
Passos Coelho disse que “o aumento do salário mínimo deve estar relacionado com a evolução da produtividade”. Disse ainda que era esta a posição do seu partido quando estava no governo e, portanto, é a mesma agora que está na oposição. Disse ainda que “se a (...)

Delírios de Pires de Lima (parte 2)

25.07.15 | contrário | comentar
Agora que já bebi uma cerveja fresquinha acompanhada de um pires de... tremoços, regresso para adicionar mais uns considerandos ao último texto aqui publicado. Pires de Lima consegue ser tão profícuo na arte do asneiredo, que me obriga a vir cá escrever novamente.   Cre (...)

Subir não quer subir salário mínimo

21.04.14 | contrário | ver comentários (42)
O líder da equipa do FMI, que tanto tem explorado as debilidades portuguesas, chama-se Subir Lall. E qual o interesse no nome deste senhor? É que o seu nome quase nunca faz justiça às medidas que defende.  As principais medidas do FMI e da troika são os cortes. Que (...)