Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

RAPIDINHA

“Stalin assinava um acordo secreto com Hitler. Nove dias depois, começava a II Guerra Mundial”. São os FdP (Fanáticos da Propaganda), uma vez mais, prostrados de quatro e levar com os bacamartes de Washington e a latir a sua propaganda. É verdade que Estaline assinou um acordo com Hitler, em Agosto de 1939. Mas em que consistiu esse acordo? E já que falam na II Guerra Mundial, como é que ela acabou? Não me digam que foi com o desembarque na Normandia… Ah! Os heróis da Normandia!

Em nome do Pai, do Filho e do vice-almirante

19.11.21 | contrário | comentar
Parece que é este o novo Sinal da Cruz adoptado pela maioria dos portugueses, mesmo por aqueles que são ateus. O vice-almirante tornou-se na luz divina que ilumina e aquece os corações de muitos. Mas há aqui uma enorme contradição. É que essas pessoas – crentes e (...)

As longas noites de vacinação nas ruas de Lisboa

26.08.21 | contrário | comentar
Aqui há atrasado, o vice-almirante Gouveia e Melo disse: “uns vão ter a vacina artificial (…) e outros a vacina natural”. Foi apenas mais uma das suas pérolas – e ainda há quem diga que o homem é de poucas palavras – que, proferida agora teria muito mais graça. (...)

Vice-almirante sempre falante

03.06.21 | contrário | comentar
O coordenador da task forcepara a elaboração do Plano de Vacinação, o vice-almirante Gouveia e Melo é das figuras que mais aparece nos órgãos de comunicação social. Dizem por aí que o homem é competentíssimo e que se farta de trabalhar. Ele próprio já disse, (...)

O Governo trata-nos como carneirinhos

15.03.21 | contrário | comentar
Invariavelmente sou obrigado a vir aqui, uma vez mais, criticar o Governo. O que fazer perante tanta impreparação e tanta incompetência? Calar-me? Nunca foi opção para mim. Os Governos, através das mais diversas instituições do Estado têm perante os cidadãos (...)