Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

RAPIDINHA

Também queria um jubileu que durasse quatro dias

De preferência uma tablete Premium com 70% de cacau

jubileu.jpg

Em Portugal, os monárquicos – porque os há – costumam ser objecto de paródia, e não apenas pela população em geral, mas também pela imprensa, que costuma ter uma especial tendência para os marginalizar e ridicularizar. Porém, em relação à monarquia dos outros – sobretudo à britânica - a comunicação social já demonstra bastante interesse e até aprecia prestar a devida vénia.

Ora, estão a decorrer as celebrações do Jubileu de Platina da Rainha Isabel II, no Reino Unido. E a nossa comunicação social decidiu atribuir um destaque especial a este evento.

Então, os vários órgãos de comunicação social, sobretudo os principais canais de televisão enviaram carradas de jornalistas para Londres, de onde fazem inúmeros e infindáveis directos a partir de varandas de hotéis. Podiam muito bem fazer os directos de uma qualquer varanda lisboeta. Primeiro porque ficaria mais barato e depois porque também por cá é possível assistir às emissões da Sky News. E, no fim de contas, o papagueado seria o mesmo.

E o que pudemos observar até agora? Para já, pudemos ver jornalistas que ficam maravilhados a olhar para o céu enquanto passam alguns aviões. Alguns deles a deitar fumo colorido, com as cores da bandeira da França, perdão, da bandeira do Reino. E que lindos e emocionantes foram esses momentos. Parolos são aqueles que vão para as imediações dos nossos aeroportos, para assistir à descolagem e aterragem de aeronaves.

Entretanto, pudemos também ver a rainha a premir um botão e, eis que do nada, começaram a acender luzinhas que deixaram um árvore iluminada. Que raio de tecnologia era aquela…

Pelo meio deu ainda para constatar que também neste tema existem especialistas que vão aos blocos noticiários comentar. Portanto, anotem em local seguro que também existem especialistas para comentar jubileus de reinados. E não se ponham por aí a fazer como eu estou a fazer agora, a botar faladura sobre assuntos que não domino. Bem, a certa altura, um verdadeiro especialista na matéria disse que “esta rainha é especial porque foi abençoada por Deus”. Mau… eu posso não perceber nada de monarquias e reinados, mas a Rainha Santa Isabel era a nossa e não esta inglesinha. Mas é melhor não dizer isto muito alto, senão ainda me vão chamar de nagacionista ou de teórico da conspiração.

Houve ainda tempo para ficar a saber que se realizou um magnífico espectáculo de luzes nas Cataratas do Niágara em honra da rainha. Realmente, não sei quem é que se lembrou de fazer um espectáculo visual nas cataratas. Não sou oftalmologista, mas com cataratas receio que ninguém tenha conseguido ver algo de jeito. Talvez uns borrões.

Só foi pena que os jornalistas portugueses não tenham sido convidados para algumas festividades privadas que decorreram no Palácio de Buckingham. O Contrário sabe – de fonte segura – que foi efectuada uma majestosa exibição de máquinas a cortar fiambre, tendo vencido uma máquina de corte manual vinda directamente do antigo Ceilão que conseguiu cortar uma fatia quase invisível, de tão fina que era. Um espectáculo inolvidável.