Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

Tony Carreira e Deus

tony_livro.jpg

Já não é novidade para ninguém que aqui no Contrário somos todos grandes fãs do Tony Carreira, daí que falemos dele com alguma frequência.

 

Agora, fazemo-lo na sequência da apresentação da sua autobiografia “O Homem Que Sou”, assim com maiúsculas e tudo, porque com este “Homem” é sempre tudo em Grande. Este livro autobiográfico celebra os seus 30 anos de carreira que, na verdade, e quem ler o livro perceberá porquê, celebra mais os 3 meses de carreira do Tony e os 29 anos e 9 meses da carreira dos outros. Mas, aceitemos a falácia, ou não fôssemos nós os maiores fãs do Tony.

 

Na sessão de apresentação, ontem, Tony fez questão de desabafar o que lhe vai na alma dizendo o seguinte: “Deus perdeu mais tempo comigo, sou um privilegiado”. E é a pura verdade, doa a quem doer. Deus perdeu mesmo mais tempo a “fazer o Tony”.

 

Toda a gente sabe que Deus nos faz à sua imagem e semelhança. E que utiliza uma forma ou molde para o efeito, destruindo-o de seguida, para se assegurar que não haverá imitações. Deus não aprecia plagiar, como sabem.

 

Mas, no caso do Tony foi diferente. Quando Deus teve que fazer o Tony, não tinha nenhum molde disponível, só que o Tony estava com muita pressa para ser concebido. Então, Deus foi ao aterro dos moldes, pegou num amontoado de cacos e colou-os com muito cuidado, para fazer o molde do Tony. Um caco pertencia ao molde que servira para fazer o Rudy Pérez, outro era do molde do Jean-Jacques Goldman, outro dos elementos da banda Tremeloes e outro dos Pimpinela, os restantes ainda não se sabe a quem pertenciam. É algo que está no segredo dos deuses.

 

Tony é mesmo um privilegiado.