Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

RAPIDINHA

Não perca a sua dose diária de propaganda que visa a normalização da dizimação da humanidade. Vá lá, não resista. Aos poucos você vai interiorizando que o conflito nuclear tem mesmo que acontecer e que é perfeitamente normal começarmos a escavar túneis subterrâneos para escaparmos a aniquilação geral. E deixe-se de ser piegas. Isso não será o fim do mundo...

Tu queres ver que já não se pode ser capitalista?

grupo_JM.jpg

Então, o grupo Jerónimo Martins apresentou um lucro de 590 milhões de euros referentes ao ano de 2022 – portanto, um aumento de 27,5% - e parece que as pessoas ficaram muito admiradas.

Que algumas pessoas se admirem e que até se indignem é aceitável, mas aquilo que não se compreende é a razão pela qual o bando de comentadores que preenche os principais fóruns de comentário neste país não tenha vindo defender a sua “dama”.

Há um certo grupo de pessoas que estão constantemente a propagar a ideia de que o Estado não deve interferir na economia, que os privados têm que ter liberdade para desenvolver os seus negócios e que o Estado – que deveria representar e defender os interesses de todos – não se deve meter no caminho dos negócios privados.

Agora, num momento em que está à vista de todos - até mesmo dos mais distraídos – que um privado se aproveitou da crise inflacionária para lucrar ainda mais do que o habitual, o seu clube de fãs permanece mudo e quedo e não vem defendê-lo? Alguns até se atreveram a tecer ligeiras críticas… Mau. Como é que é? Vamos lá ser um bocadinho coerentes, se faz favor.

Eu gostaria de ver esse grupelho de moços de estribeira a dizer que não só é bom para a economia que o grupo Jerónimo Martins tenha tido um lucro de 590 milhões de euros, como seria ainda melhor se o lucro fosse de 1.000 milhões, ou 10.000 milhões. Porque o lucro nunca é demais. As empresas existem para dar lucro e quanto maior for esse lucro, melhor para todos. Não é verdade?