Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

William Carvalho é um perna-de-pau

Mais um tropeção do Sporting, desta vez a contar para o campeonato nacional. O Sporting empatou ontem na Madeira (0-0), onde defrontou o Nacional. O jogo ficou marcado pela grande penalidade que William Carvalho não conseguiu converter. Logo aqui, impõe-se perguntar a Jorge Jesus: Porquê o William? Ok, sabemos que o Adrien, habitual marcador de penáltis não estava presente, mas porquê o William? Então, o Bas Dost não seria a melhor opção? Ou o Gelson? Ou o Markovic? Ou o Bryan Ruiz? Ou o Bruno Cesar? Ou até mesmo o Rui Patrício?

 

Alguns dirão que é fácil falar depois de as coisas acontecerem e também sabemos que até o Messi e o Ronaldo falham penáltis, mas o William? O William é um perna-de-pau. Ainda não esqueci aquele penálti que falhou na final do Campeonato da Europa de sub-21.

 

É óbvio que o William é uma péssima escolha. O William é uma má escolha até mesmo para… jogar à bola.  Um jogador cuja velocidade máxima é 2,5 Km/h, que 99% dos passes são para o lado ou para trás e quase sempre para o jogador com a linha de passe mais curta e desobstruída não pode ser grande opção.

 

A minha opinião sobre William Carvalho piorou no final do jogo de ontem, quando declarou que o Sporting “merecia ter ganho e que o Nacional fez antijogo, impedindo o Sporting de fazer o seu jogo”. Parece que o William estava à espera que o Nacional não tentasse impedir o Sporting de fazer o seu jogo. E, apesar de o Nacional ter feito um jogo mais defensivo, o que é perfeitamente normal, na segunda parte esteve bastante bem, onde criou várias oportunidades de golo e até poderia ter ganho. Dizer que o Nacional fez antijogo é uma atitude desonesta. É ainda mais hilariante, quando proferido por alguém que não teve competência para marcar um penálti.