Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

Contrário

oposto | discordante | inverso | reverso | avesso | antagónico | contra | vice-versa

RAPIDINHA

De certeza que são luas? Não serão balões "espiões" da China?

Zelensky foi a Granada, mas só lhe deram cavilhas

zelensky_granada.jpg

Zelensky foi convidado a estar presente na reunião do Conselho Europeu em Granada. Trata-se de uma reunião informal, mais uma que serve rigorosamente para quase nada, a não ser a demonstração de que os chefes de estado da União Europeia (quase todos) continuam firmes na sua posição preferida - de quatro – a obedecer alegremente às instruções de Washington.

Uma vez mais, o presidente do país mais corrupto da Europa foi convidado a tomar parte de uma reunião de um órgão da UE (faz sentido). Zelensky foi a correr até Granada, porque achava que iria sair de lá com mil contentores cheios delas, para atirar aos russos. Mas, uma vez mais, a montanha pariu uma rataria e Zelensky saiu de lá só com as cavilhas.

Primeiro, a Polónia retirou o apoio militar, depois os EUA suspenderam a ajuda e, agora, até a OTAN diz que está a ficar sem armas. Estranho? Nem por isso. Portanto, Zelensky está claramente a perder o apoio que tanto suplica. Contudo, não há razão para esmorecer, já que do outro lado está um exército de jovens impreparados (a lutar contra a sua própria vontade e mortinho por desertar), que só têm à sua disposição o pouco armamento obsoleto e de pólvora seca que sobrou da Segunda Guerra Mundial, mais umas pás e umas sacholas.

No meio de todo este circo, ainda houve tempo para Marcelo apalhaçar ainda mais a situação – aquilo que ele melhor sabe fazer – convidando Zelensky a participar na Cimeira de Arraiolos. O encavilhado Zelensky agradeceu a Marcelo, mas declinou o convite e terá alegado que no Palácio Mariyinsky não faltam tapetes.

1 comentário

Comentar post